Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

O pastel de Belém foi considerado uma das melhores "comidas de rua pela qual vale a pena estragar a dieta" dejp 070409901-W250 acordo com uma lista compilada pelo Lonely Planet, com comidas de onze países diferentes.

O maior guia turístico do mundo descreve o pastel de nata como sendo "uma pequena tarte cozida numa concha de massa folhada com um doce de ovos cremoso, sendo por vezes polvilhado com canela" e elege o pastel da Antiga Confeitaria de Belém em Lisboa, como sendo o mais "sublime" e "original".

“Junte-se às hordas que esperam para comprar pastéis (são vendidos umas incríveis 19 mil tartes por dia)”, explica o guia, sublinhando que “apenas três pessoas conhecem a receita ultra secreta e a preparação é feita à porta fechada”. “Inspire o aroma de açúcar e canela, morda a massa crocante e deixe a sua língua perdurar no creme maravilhoso. Um doce pecado”.

 A premissa do Lonely Planet para elaborar a lista das melhores comidas de rua era simples: “Você está de férias a explorar um mercado local e é de repente atacado por um aroma sedutor e vira a cabeça para descobrir de onde vêm. Existe uma longa fila de esfomeados a invejarem todas as pessoas que se afastam a comerem algo delicioso. O que é que estão a comer? Talvez devesse investigar, não?"

Mas o problema é que você tinha começado uma dieta recentemente e tinha jurado por tudo levá-la até ao fim. “Mas você está de dieta. Não pode, não deve e jurou que não ia fazê-lo”.

Contundo, como bom guia turístico, o Lonely Planet aconselha-o a “mandar a dieta às urtigas” porque “esta é uma importante pesquisa cultural. Seria falta de respeito não provar a comida”.

Assim, foram escolhidas as 10 "melhores comidas de rua pela qual vale a pena estragar a dieta", mas como as iguarias eram tantas, o Lonely Planet escolheu juntar mais uma comida.

Além do pastel de Belém, o guia australiano escolheu a Gordita do México, o gelado de Itália, o Poutine do Quebec no Canadá, o Murtabak da Singapura e Malásia, a currywurst da Alemanha, o Takoyaki do Japão, Chivita al Pan do Uruguai, o Kelewele do Gana, O Yangrou Chuan do Nordeste da China e o Jerked Pork da Jamaica e das ilhas da Caraíbas.

Fonte: Dinheiro Vivo