Arroz de Sável
Visite o novo docesecompanhia.net | Gastronomia de Vilarelho

Fonte: JF Vilarelho


Confecção:

O sável deve ser bem escamado e limpo. Em seguida, corta-se a cabeça e o deguladouro (posta junta à cabeça). Tiram-se as ovas e aproveita-se todo o sangue possível que irá servir para a calda. Cortam-se, também, o rabo e as postas mais pequenas. Há quem utilize o fígado também. Neste caso não se deve esquecer de tirar o fel! Eu não usei... Num recipiente, tempera-se com sal, salsa, louro, pimenta, e cobre-se com vinho verde tinto (há receitas que falam em colocar também cravinhos, mas eu não pus). Deixa-se marinar durante umas horas. Num tacho, pica-se uma cebola grande e deita-se um pouco de azeite, vai ao lume e logo que a cebola esteja estalada, deita-se o debulho e a respectiva calda. Cozido o peixe, retira-se para um recipiente ao lado. À calda inicial, junta-se a água necessária para cozer o arroz. Assim que o arroz esteja cozido, junta-se o debulho e rectificam-se os temperos. Deixa-se repousar uns minutos e serve-se o arroz a "fugir pelo prato". Acompanha-se com o sável frito.




:: Receitas
   Entradas
   Cocktails
   Saladas
   Sopas
   Carnes
   Peixes
   Marisco
   Sirva com...
   Doces e bolos
:: Especiais
   Natal
   Dia São Valentim
   Páscoa
:: Vegetarianas
   Natal
:: Úteis
   Promoções
   Cursos Formação
   Massa Corporal
   Newsletter  Subscreva a nossa newsletter!
   Recomendar
   Notícias
:: Publicidade

© 2002-2009, Doces & Companhia | Termos de Uso | Política de Privacidade